Detran/RS inicia projeto piloto de filmagem das provas práticas de direção
Detran/RS inicia projeto piloto de filmagem das provas práticas de direção
Projeto permitirá uma maior transparência nas aulas e provas práticas.
por Instituto Zero Acidente em 04/11/2016 às 17:22:08

Depois de implantar o registro eletrônico nas aulas práticas de direção, o Detran/RS inicia o projeto piloto para implantação da filmagem também nas provas práticas.  No dia 1º de novembro, o Centro de Formação de Condutores Rumo Certo, em Gravataí, foi o primeiro a realizar as provas com o novo sistema, em caráter experimental.  O CFC Hot Car, de Porto Alegre, também participa da fase de testes a partir do dia 10 de novembro. O projeto piloto se estenderá até o dia 13 de março, quando se inicia o calendário de implantação em todo o Estado.

No período de testes, os examinadores do Detran/RS utilizarão os dois sistemas paralelamente. Hoje, os registros das provas são feitos em formulários em papel. Com o sistema PPE (Prova Prática Eletrônica), os registros serão feitos no tablet, vinculando as informações do exame com  o áudio e vídeo. Futuramente, o sistema também será integrado ao controle biométrico, com a conferência das digitais do examinador e candidato.

O exame “eletrônico” valerá para todas as categorias, embora a filmagem seja realizada somente nas categorias quatro rodas. Começa com a identificação do candidato, do examinador e do veículo em que será feita a prova. Os dados são registrados no tablet, conectado  às câmeras instaladas no veículo.

Durante a prova, o examinador preencherá as eventuais faltas cometidas  pelo candidato.  Um microfone grava o áudio e quatro câmeras captam imagens: duas internas, focando examinador e aluno, além dos pedais do examinador; e duas para imagens externas, focando o trajeto em frente e o espelho retrovisor. 

O registro de aulas e provas em sistema informatizado está previsto em legislação federal. No Rio Grande do Sul, ele foi complementado pela filmagem, para dar transparência total ao processo. Além de padronizar os procedimentos dos examinadores, possibilitará ao candidato, no futuro, solicitar as imagens da sua prova. O registro eletrônico também permitirá a geração de relatórios (com as faltas mais cometidas, por exemplo), que ajudarão a qualificar os exames de direção no Estado.

Fonte: DETRAN/RS

Veja mais...
Instituto Zero Acidente na 19ª TRANSPOSUL e X Fórum ...
Ação Educativa em Comemoração ao Dia do Motorista...
Tema da Semana Mundial de Segurança no Trânsito será...
Instituto Zero Acidente presente na T2016.
Ações do Instituto Zero Acidente na Semana Nacional ...
Legislação reduz prazos para veículos abandonados em...
contato@institutozeroacidente.com